Pensamos Diferente
Nossos consultores precisam ter boa formação e experiência? Sim. Mas não é só isso. Queremos postura pró-ativa frente a um problema ou oportunidade. Em poucas palavras, aceitar o desafio. Desafio de pensar diferente. Usar a criatividade para pensar em uma solução simples, ao invés de investir em complexidade.
Venha Trabalhar Conosco
Se você concorda com nosso modo de pensar, seus valores são os mesmos que os nossos, você acredita em crescimento profissional constante e gosta de desafios, entre em contato conosco, venha tomar um café e resolver um Case. Você pode trabalhar conosco!
Nossos Valores
  • Ética
  • Comprometimento
  • Confiança
  • Competência

S&OP – O que estão dizendo por aí?

word speech bubble illustration of business acronym term S&OP Sales and Operations Planning

O S&OP, ou Planejamento de Vendas e Operações, está por aí, há cerca de 30 anos. Os desafios econômicos e os avanços tecnológicos dos últimos anos, o fizeram desfrutar de um ressurgimento, pois ele agora, passa a ser mais vital do que nunca para as empresas equilibrarem oferta e demanda, manterem níveis adequados de inventário e atingirem lucros e receitas projetadas.


O S&OP é um dos principais direcionadores

para uma efetiva estratégia de crescimento.


Uma empresa que tenha alto grau de maturidade neste processo será mais efetiva na execução de seus programas de crescimento, lançamento de novos produtos, penetração de mercado e políticas de promoção e preço.  Ele ajuda a desenvolver um melhor conhecimento, comunicação e colaboração entre os departamentos, melhorando a agilidade, e, ao mesmo tempo fazendo as empresas mais dinâmicas, proativas e menos reativas.

Em uma pesquisa da Consultoria Hughenden, aproximadamente 85% dos entrevistados alegaram estar seguindo o processo de S&OP com disciplina “de média para alta”, enquanto 40% disseram que uma reunião mensal foi o suficiente para o considerarem implementado, e ainda 94% estão tomando decisões cruciais para a cadeia de suprimentos fora dele.

Esta completa falta de entendimento sobre o que qualifica o S&OP como bom é reforçada por uma riqueza de outras provas. O Gartner Group, por um lado, apurou que a maioria dos processos de S&OP nunca atingiram a etapa 2 de 5, enquanto o “S&OP Pulse Check 2015”, encontrou que 32% dos entrevistados não acreditava que há uma diferença entre S&OP e IBP, enquanto 20% disseram que não sabiam. A chave do S&OP é a colaboração, e se as pessoas sequer concordam com a sua definição, obviamente isso afeta a efetiva implementação e os benefícios resultantes deste processo.

Esta falta de compreensão sobre o que é o processo S&OP, reflete-se nos níveis de Diretoria, com 63% dos entrevistados citando a falta de apoio da liderança sênior como a principal barreira para sua implementação.  Entretanto, a pesquisa também descobriu que 51% dos entrevistados, alegaram que a disciplina para manter o processo era um grande obstáculo, algo que poderia ser facilmente corrigido com uma liderança eficaz.

E as empresas “Best-in-class” (melhores no mercado) em S&OP, como estão?

SOP

De acordo com o Aberdeen Group, a performance das “melhores referências” em gerenciamento da cadeia de suprimentos, é demonstrada pela performance superior em atendimento aos clientes, reduções significativas de inventários, melhora do fluxo de caixa e custos operacionais.

Estes são os principais indicadores das empresas referência (best-in-class).

SOP

A jornada de um bom S&OP pode ser muito vantajosa e de sucesso…, nos próximos textos, falarei sobre o que as empresas “Best-in-class”, que “determinam o jogo”, estão fazendo terem um processo de S&OP ainda mais eficiente.

E, se sua empresa quer implementar ou melhorar seu processo S&OP, eu posso lhe ajudar.


Leandro Francini, MBA. Executivo de Supply Chain | S&OP | Planejamento de Suprimentos

Colaborador do blog e associado da Sequóia Consultoria.

Share

Leandro Francini

Executivo de Supply Chain | S&OP | Planejamento de Suprimentos Campinas, São Paulo, Brasil - Logística e cadeia de suprimentos